A Vida Por Um Fio

Se eu tivesse medo de andar de avião não tinha feito algumas das viagens que já realizei. Nem me imagino a perder momentos inesqueciveis que sempre nos são dados de bandeja quando viajamos só por receio do que possa eventualemente vir a acontecer. Compreendo quem tenha fobia e não critico minimamente mas, tenho de admitir que se pudesse viajaria muito mais vezes de avião. Deixem-me sonhar, não quero ter medo.

Todos sabemos que estamos aqui a viver as nossas vidas mas que um dia tudo isto acaba. É realista, é constactar um facto. Mas desaparecer assim como aconteceu nesta recente tragédia do avião da Air France dá um nó em qualquer garganta. E o desespero das familias por não ter um corpo.

A vida é por um fio por muito que montemos a carapaça da imortalidade.


"Desenho no horizonte
Uma viagem
Que faço sem me mover

E passo sobre a ponte
Para outra margem
Onde pudesse perder
O peso dos dias
A dor do caminho
Que fica agarrada à pele
Se a vida voasse
Para além do destino
Como a cabeça nos voa
Numa folha de papel


A vida passa sempre
Tão apressada

Que pouco podes conter
Os dias são ausentes
Sabem a nada
Se te esqueceres de viver
Agarra o teu mundo
Acende os lugares
Onde se escondem os teus sentidos
E não tenhas medo
Se às vezes falhares
O que importa é o caminho
Que fica
Entre achados e
perdidos"

Mafalda Veiga

1 Response
  1. adorei o teu blog...e com a linda musica de fundo da sara, é certo que voltarei!

    beijo