Solta-se o Beijo

Uma eterna romântica é o que sou. Tenho os pés bem acentes na terra (quiçá demasiado) mas não me envergonho de dizer que quando gosto, cuido muito... Surpreendo... Sou lamechas... Gostava de voltar a sentir-me apaixonada..... Gostava...

Espreito por uma porta encostada

Sigo as pegadas de luz
Peço ao gato "xiu" para não me denunciar

Toca o relógio sem cuco
Dá horas à cusquice das vizinhas e eu
Confesso às paredes de quem gosto
Elas conhecem-te bem

Aconhego-me nesta cumplicidade
Deixo-me ir nos trilhos traçados
Pela saudade de te encontrar
Ainda onde te deixei

Trago-te o beijo prometido
Sei o teu cheiro mergulho no teu tocar
Abraças a guitarra e voas para além da lua

Amarro o beijo que se quer soltar
Espero que me sintas para me entregar

A cadeira, as costas, o cabelo e a cigarrilha
A dança do teu ombro...

E nesse instante em que o silêncio
É o bater do coração
Fecha-se a porta
Pára o relógio

As vizinhas recolhem
Tu olhas-me...

Tu olhas-me...


Conclusão: Se um beijo se pudesse soltar, se tudo num momento pudesse acontecer... E eu voltar a acordar e dar um chega para lá à solidão. Era tudo mais fácil. Era tudo mais feliz. Mais colorido. Eu ando mesmo parva. LOL
É a Primavera plus hormones! E eu que me lixe -.-'

1 Response
  1. Pikiiii Says:

    Essa música é lindíssima e quem me dera a mim estar apaixonada :)

    Obrigado pelo coment, foi muito bom da tua parte. E tás sempre a vontade. Sabes por vezes custa.me saber que à pessoas que não tem este género de cumplicidade com os seus pais. Eu tenho Muita com os meus pais e isso é tão bom =)

    Um beijinho grande*